Anatomia dos dedos

Há 4 aspectos que são fundamentais , e que podemos treinar, para melhorarmos a nossa prática de escalada, são eles:

  • técnica do movimento
  • força de dedos
  • força e resistência/’endurance
  • massa corporal

Destes pilares há que referir que se investirmos muito na força de dedos, em detrimento dos outros, não faz de nós melhor escaladores.

Mas se tivermos uma lesão nos dedos vai possivelmente incapacitar toda a nossa prática.

[Se tivermos pouca “força de técnica” podemos usar a”técnica da força”, a escalada não é tão suave e bonita, mas podemos continuar a escalar.
Se temos pouca resistência podemos fazer blocos mais explosivos ou vias mais curtas,…
A técnica e a resistência podem ser treinadas em rocodromos.
Determinadas lesões, podem obrigar-nos a parar… 😦  ]

Ter dedos fortes é importante, mas devemos focar-nos na prevenção de lesão e manutenção destes mais do que querer em curto espaço de tempo suster ou elevar-mo-nos neles.

Iniciando neste artigo vou explicar o funcionamento dos dedos, tipos de lesões que podem sofrer, como prevenir e como tratar.

Vou começar com anatomia e funcionamento dos dedos:

Vou explicar de uma forma simplificada a anatomia e seu funcionamento. Não vou ser exaustivo, nem vou de longe explicar todos os aspectos da anatomia dos dedos.

Prancheta 3

Imagem 1. Foto: Zé “Pistolas”, Desenho: João Pedro Soares

Na Imagem 1, a azul, está representado um tendão de um músculo flexor dos dedos, esse músculo está localizado na zona anterior do antebraço. (Salvo poucas excepções todos os músculos envolvidos no movimento dos dedos encontram-se no antebraço.)
A cápsula articular e ligamentos articulares estão a verde. A vermelho está os ligamentos anelares [em Inglês: pulley]

 

Prancheta 1

Imagem 2: Pega em semi-arqueio.

Com o movimento de flexão dos dedos o que acontece internamente é:

o músculo puxa o tendão, que por sua vez vai fazer tensão nos ligamentos anelares.

Prancheta 1 por menor

Imagem 3: detalhe da flexão do dedo

Com o uso intenso e excessivo dos dedos, principalmente com este tipo de pega ou o uso dos dedos sem aquecimento e preparação, pode levar à ruptura parcial ou total de um ou vários desses ligamentos (ver Imagem 4)

 

Prancheta 1Lesao

Imagem 4: lesão com ruptura total de um e parcial de outro ligamento anelar.

 

 

 

Tipos de pega, bem como tipos de ‘taping’  vão ser abordados no próximo artigo.

A cápsula articular e os ligamentos articulares também podem ficar lesados do uso repetitivo e continuado. Estes encontram-se como o nome sugere na articulação, … entre os dois ossos. Onde os ossos conectam…. ok? Estou a ser claro?

 

Finalmente vou falar um pouco dos nervos.

Prancheta 2 pormenor

Imagem 5: Desenho: João Pedro Soares. Representação dos nervos dos dedos.

A mão é uma zona com muitas terminações nervosas, onde temos vários receptores sensoriais. É óbvio que temos nervos nos dedos. O que pode não ser tão óbvio para todas as pessoas é que a zona mais sensível para lesões do nervo, que pode levar a perda de sensibilidade, ou ganho de formigueiro ou dormência, é na transição das peles palmar e dorsal. Se interromperem a leitura deste texto para observar os vossos dedos podem constatar que as zonas laterais dos dedos são onde a pele é mais macia, aparentemente mais estreita, mais suave e mais susceptível a lesão nervosa.

Nos próximos artigos vou falar de mais lesões, tipos de ‘taping’ para proteger os dedos, prevenção e treino.

 

Agradecimentos:

Zé ‘Pistolas’

Rafaela Bastos

 

Bibliografia consultada:

Netter, F. H. (2014). Atlas of Human Anatomy, Saunders Elsevier, 2014: Atlas of Human Anatomy (Vol. 1). Bukupedia.

MacLeod, D. (9). out of 10 climbers make the same mistakes. Navigation.

“Make or Break, Don’t let climbing injuries dictate your sucess”; Dave Macleod; Rare Breed Productions; 2015

Hochholzer, T., Schoeffl, V., Zapf, J., & Lightner, S. (2003). One move too many…: how to understand the injuries and overuse syndroms of rock climbing. Lochner.

 

  1. […] Revendo o meu post anterior podem compreender melhor as forças, pressões e tensões aplicadas aqui… […]

    Gostar

    Responder

  2. […] [para relembrar o que é o ‘pulley’ podem ler o meu artigo sobre anatomia] […]

    Gostar

    Responder

  3. […] quiserem saber mais sobre anatomia dos dedos, e forças aplicadas aos dedos podem ler os meus artigos anteriores sobre esses temas. (Neste […]

    Gostar

    Responder

  4. […] A mão e o antebraço devem ser vistos como uma estrutura funcional única. Como expliquei no meu artigo Anatomia dos dedos: […]

    Gostar

    Responder

Deixe uma Resposta para Protecção dos dedos – João Pedro Soares Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: