Chave de braços

 

Uma vez confidenciei a um paciente e amigo, que um dos dias em que estive a aprender massagem Tailandesa, em 2008, na Tailândia, a minha professora me deixou com um lutador de Muay Thai.

Ele respondeu alguma coisa do género: “Isso explica muita coisa!”

Que uma das massagens que eu lhe fizera, segundo ele, mais parecia Jiu Jitsu. Que mesmo que ele quisesse fugir que não conseguiria…

Na altura em que estava a aprender fiquei muito impressionado com o conhecimento que os lutadores têm da massagem. Ou melhor, do conhecimento corporal que ambos, lutadores e terapeutas, têm. Que em muitas coisas se intercalam ou sobrepõem.

Acontece que para um lutador o conhecimento de onde se encontram os nervos, artérias, veias, pontos de pressão pode ser usado para causar dano, ou imobilização. Para um terapeuta a localização desses mesmos pontos é usado para tratar, para promover o fluxo sanguíneo, para resolver bloqueios e para relaxar.

Muita coisa aprendi. Como por exemplo algumas partes do meu corpo a usar na massagem e porquê. Algumas zonas no paciente para evitar massajar e porquê. Entre outras coisas.

Fica aqui um pouco, de técnica de imobilização do adversário… para usar no paciente

 

 

Agradecimentos:

Rafaela Bastos

Zé “Pistolas” (pelas filmagens e edição)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: